As diferenças entre Upcycling e Recycling



No mundo da moda a cada temporada aparecem novas tendências e novos termos, mas nem sempre a gente consegue entender o significado e o porque de cada um deles.

Por isso hoje vamos falar sobre dois termos “em alta” de uma maneira que você aprenda e que possa ter ideias de como atualizar o seu negócio.

Roupas e acessórios sustentáveis fornecem um novo mercado de oportunidades de trabalho, fluxo de dinheiro na economia e moderação do uso de matérias-primas originais.

Com a tendência da sustentabilidade, o vestuário reciclado está cada vez mais na moda e mantém o princípio dos três erres:

  • Reduzir;
  • Reutilizar;
  • Reciclar

Bem como o tripé da sustentabilidade: economia, ecologia e equidade social.

UPCYCLING

A tradução simplificada do termo upcycling é reutilização.

O upcycling pode ser usado em qualquer parte do processo criativo do produto, seja na reutilização dos resíduos textêis, nas peças com defeitos, ou até mesmo em coleções que não foram vendidas…

A ideia é literalmente reutilizar/reaproveitar e dar uma nova função a um produto que seria descartado.

Você pode imaginar o upcycling como um novo (e mais atual) formato de customização. Enquanto a customização dava uma vida nova a uma peça antiga, o upcycling faz com que essa peça antiga tenha uma nova utilização. 

Através desse processo a peça pode ter um ciclo de vida muito maior, e isso gera menos lixo para o planeta, uma questão muito importante para qualquer marca/loja.

O upcycling caminha lado a lado com outros movimentos de sustentabilidade na moda, como o eco fashion e o slow fashion, por isso você precisa entender esses movimentos e já começar a idealizar se algum deles pode ser colocado em prática na sua marca/loja.

Grandes marcas como a  Comme des Garçon e Stella McCartney já se utilizaram da técnica em suas coleções.

Em tempos economicamente incertos o upcycling pode ser uma excelente saída para compor o mix de produtos da sua marca/loja.

Mesmo que hoje você esteja achando essa prática muito distante do seu negócio, é bom que você comece a  pensar em como poderia usar esse processo na produção ou na comercialização de produtos reutilizados.

Você pode pesquisar marcas do seu segmento que já utilizam o upcycling e assim ter inspirações, e ai olhar ao seu redor e perguntar, como eu posso transformar essa peça ou esse resíduo???

As vezes você pode fazer uma collab com algum artista da sua região, também pode fazer parceria com uma costureira ou ter na sua loja itens que possam transformar a peça que o cliente acabou de comprar!!!!

Exemplo de peças que passaram pelo processo de Recycling e passaram a ter uma nova utilidade:

Imagens – Pinterest

RECYCLING

 

O Recycling que nada mais é do que a já conhecida Reciclagem é o processo que permite que o resíduo recuperado se transforme novamente em matéria-prima, que pode ser utilizada na produção do mesmo produto que o gerou.

Em suma, é o reaproveitamento do mesmo material para o mesmo fim. Um bom exemplo seria a customização ou a fabricação de novas peças a partir de peças antigas.

O processo de reciclagem acaba ficando mais na mão das indústrias de confecção, para os lojistas esse processo tem diversas limitações.

O lojista pode “trazer” esse conceito para o seu negócio buscando marcas e produtos que usam esse processo, e assim mesmo que indiretamente ele pode fazer parte da cadeia sustentável.

Dentro do processo de Recycling, temos também o Downcycling, ou cascata, que é a reciclagem de resíduos em que o material reciclado é de menor qualidade e funcionalidade do que o material original.

Por Kátia Duarte – Especialista em Moda Infantil
Content Creator do Blog Pop Pop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X